EDITAL EBSERH 2019 é confirmado com 2.250 vagas para todo o país Oportunidades devem ser destinadas para candidatos de ensino médio e superior

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso EBSERH 2019) em breve. Foi divulgado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 12 de agosto, a informação de que a empresa entrou na fase de escolha da banca organizadora para o próximo certame, que contará com 2.250 vagas, conforme projeto básico dos editais.

A empresa vai receber as propostas das empresas interessadas em organizar os concursos entre 12 e 27 de agosto. Após escolha e assinatura do contrato entre as partes, o edital deverá ser publicado em até 30 dias, com a publicação do edital no DOU, conforme estabelece o Projeto Básico. Com isso, a expectativa é pela publicação dos editais ainda neste semestre.

De acordo com o documento, foram publicadas duas chamadas, referentes a  projetos básicos diferentes. Um deles visa a realização de um concurso público em nível nacional, enquanto outro visa o preenchimento de vagas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU).

Em julho, ao site Folha Dirigida, o órgão já havia informado que avaliaria um novo certame em nível nacional logo após o fechamento do processo de convocação de aprovados nos últimos concursos. De acordo com dados da empresa, mais de 4,7 mil profissionais já foram chamados para atuação em 39 hospitais da rede.

O novo edital de concurso EBSERH deverá contemplar cargos que não contam com cadastro de reserva que possa ser utilizado. O órgão vai observar o limite do quadro de pessoal estabelecido pelo Ministério da Economia, que atualmente é de 53 mil servidores.

O órgão confirmou que na medida em que acontecem aposentadorias e saída de profissionais, contudo, a estatal afirma faz estudos constantes para providenciar as reposições, seja convocando através do cadastro reserva ou avaliando incluir essas vagas dentro de um novo certame.

“A nova gestão da estatal, que assumiu em fevereiro deste ano, tem atualizado os diagnósticos de dimensionamento de pessoal de todas as unidades para avaliar as principais necessidades e promover a realização de concursos visando preencher as vagas restantes. Além disso, vai aperfeiçoar o monitoramento da força de trabalho para acelerar os prazos entre a saída e a reposição dos profissionais.”

O concurso EBSERH 2019

concurso de nível nacional da EBSERH vai abrir 1.363 vagas. As oportunidades serão distribuídas entre as áreas médica (448 vagas), assistencial (800 vagas) e administrativa (115 vagas). Cada uma das áreas terá um edital diferente. As oportunidades serão oferecidas para níveis médio e superior.

As oportunidades serão distribuídas entre as cidades de Goiânia/GO, Rio de Janeiro/ RJ, Niterói/RJ, Brasília/DF, São Carlos/SP, Belo Horizonte/MG, Uberaba/MG, ourados/MS, Campo Grande/MS, Cuiabá/MG, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Santa Maria/RS, Pelotas/RS, São Luiz/MA, Teresina/PI, Cajazeiras/PB, Aracaju/SE, Fortaleza/CE, Araguaína/TO, Santa Cruz/RN, Natal/RN, Recife/PE, João Pessoa/PB, Petrolina/PE, Campina Grande/PB, Maceió/AL, Lagarto/SE, Salvador/BA, Juiz de Fora/MG, Vitória/ES, DRio Grande/RS, Manaus/AM e Belém/PA.

Já para o Hospital da Universidade Federal de Uberlândia serão oferecidas 887 vagas. As oportunidades serão oferecidas para área médica (173), assistencial (614) e administrativa (100).

Os candidatos devem ser avaliados por prova objetiva; e análise de títulos e de experiência profissional.

Déficit é alto, mesmo com convocações

De acordo com informações do órgão, desde que assumiu as primeiras unidades, em 2012, já foram contratados mais de 31,1 mil novos servidores. Somente para o Hospital da UFMG, por exemplo, houve um chamamento de 1.600 aprovados. Eles substituíram vínculos precários e aposentadorias, além de ampliar o quadro.

Apesar das convocações, a necessidade de funcionários nos hospitais é grande. Além disso, nem todos os aprovados que são chamados assumem os cargos, na maioria dos casos por desistência.

“A estatal continuará não medindo esforços para revisar processos, realizar as contratações necessárias e melhorar as condições para a assistência, a pesquisa e o ensino, principais pilares de um hospital universitário federal.”